Notícias

Moradores de Cláudia já podem contar com respirador mecânico

  24 de Jul de 2020 ás 12h 22min


Essa semana, a fisioterapeuta intensivista do Santo Antônio, Andrieli Bouvier, levou aos profissionais do dona Nilza a experiência e a técnica sobre montagem e calibração de ventilador mecânico

O hospital dona Nilza de Oliveira Pipino tem sido o principal ponto de referência para os moradores da cidade de Cláudia [80 km de Sinop]. Assumido, recentemente, pela Fundação de Saúde Comunitária de Sinop vem, aos poucos, mudando o cenário da saúde do município com a oferta de especialidades clínicas e tratamentos eficazes. Atento aos perigos período pandêmico, a Fundação, que é a mesma que administra o hospital Santo Antônio há, pelo menos, 35 anos, tem feito intercâmbio de profissionais e troca de experiências para levar uma melhor e maior qualidade no atendimento aos pacientes que procuram o dona Nilza. Essa semana, a fisioterapeuta intensivista do Santo Antônio, Andrieli Bouvier, levou aos profissionais do dona Nilza a experiência e a técnica sobre montagem e calibração de ventilador mecânico, até então, uma novidade para a cidade. â??Na cidade ainda não há nenhum registro de paciente que precise de respirador, mas nós sempre temos que estar preparados para qualquer emergência. Estamos levando toda a experiência de anos do Santo Antônio para dar o melhor ao paciente que procurar o dona Nilzaâ?, ilustra o superintendente, Wellington Randal, ao lembrar que a equipe técnica de Sinop estava preparada antes mesmo de a cidade registrar o primeiro caso de Covid-19. Ainda de acordo com Randal, a população tem procurado bastante a unidade hospitalar para as mais diversas patologias e especialidades. Os novos investimentos na estrutura física fazem parte desse aumento, no entanto ele afirma que a qualidade do corpo clínico tem sido o principal fator. â??Podemos, às vezes, não estar com o profissional daquela especialidade dando plantão naquele dia, mas temos toda uma retaguarda em Sinop que pode ser consultada a qualquer momentoâ?. De acordo com os números e registros divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, Cláudia conta, até ontem, quinta-feira, 23, com 10 casos ativos de Covid-19.